Educadora de infância esmurrada à porta da escola por pais em Vila Real de Santo António

Mulher teve de ser transportada para o hospital.

Uma educadora de infância com cerca de 60 anos da Escola de 1º ciclo de Santo António, do Agrupamento D. José I, em Vila Real de Santo António, no Algarve, foi agredida de forma muito violenta, na sexta-feira de manhã, à entrada da escola. Os agressores serão o pai e a mãe de uma criança, que a professora tinha chamado à escola devido aos conflitos que a criança causava.

Segundo apurou o CM junto de uma fonte anónima, o casal terá feito um ‘mata-leão’ à professora, que terá ainda sido esmurrada na cara e levado chapadas, assim como puxões de cabelo. As crianças assistiram a tudo.

Um pai tentou ajudar, mas acabou também por ser agredido, tendo sido um senhor que passava de trotinete que salvou a docente.

O INEM e a GNR foram chamados ao local e a mulher foi transportada para o hospital.

Depois de ser feita queixa na GNR, os agressores foram ouvidos.

CM sabe que foram identificadas sete pessoas envolvidas nas agressões, bem como apreendidos um ferro e uma chave de rodas que terão sido usados para agredir a professora.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Prev
Pré-avisos de Greve Às Provas de Aferição 2024 – Desde 7 de maio – S.TO.P

Pré-avisos de Greve Às Provas de Aferição 2024 – Desde 7 de maio – S.TO.P

Esta greve, a decorrer nas próximas semanas e meses, começa dia 7 de maio de

Next
Ministério e UTAO afinam contas para descongelar tempo de serviço dos professores

Ministério e UTAO afinam contas para descongelar tempo de serviço dos professores

As contas para apurar o custo do descongelamento faseado da carreira dos

You May Also Like
Total
0
Share