30 mil alunos continuam sem (pelo menos) um professor

Cerca de 30 mil alunos continuam sem todos os professores atribuídos, segundo uma estimativa da Federação Nacional dos Professores (Fenprof), que alertou para um agravamento da situação tendo em conta a previsão de reforma de cinco mil docentes ainda este ano.

«Há alunos em Benavente sem aulas de Inglês desde o início do ano», lamentou Mário Nogueira.

A falta de valorização da profissão é apontada pelos sindicatos como uma das principais razões para a falta de professores nas escolas, um problema que se regista em muitos outros países, que também se debatem com o envelhecimento da classe.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Prev
Ministério e UTAO afinam contas para descongelar tempo de serviço dos professores

Ministério e UTAO afinam contas para descongelar tempo de serviço dos professores

As contas para apurar o custo do descongelamento faseado da carreira dos

Next
Professores propõem recuperação de 30% do tempo de serviço já em julho

Professores propõem recuperação de 30% do tempo de serviço já em julho

Professores propõem recuperação de 30% do tempo de serviço já em julho A

You May Also Like
Total
0
Share