Ministério da Educação investe mais de 6,5 milhões de euros em computadores para garantir provas “online”

Os novos computadores irão substituir aqueles que estão inoperacionais e sem arranjo viável. Uma medida tomada para garantir que todos os alunos conseguem realizar, digitalmente, as provas de aferição e o exame nacional do 9.º ano

Expresso

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

O Ministério da Educação vai gastar mais de 6,5 milhões de euros na compra de novos computadores, para assegurar que as provas de aferição (2.º, 5.º e 8.º ano) e o exame nacional do 9.º ano, em formato digital, decorrem sem percalços. A despesa aprovada “visa permitir que as escolas substituam computadores que estão inoperacionais porque a sua reparação não é viável ou compensadora”, esclarece o gabinete do ministro João Costa ao Jornal de Notícias.

A Fenprof tinha avisado que, a partir de 8 de abril e até ao final do ano letivo, os professores de informática vão fazer greve à manutenção de equipamento e ao apoio técnico durante as provas digitais. Há ainda docentes pressionados para reparar centenas de computadores, uma tarefa que não está compreendida nas atividades de ensino, segundo a Associação Nacional de Professores de Informática.

Tanto a Confederação Nacional de Pais como o presidente da Associação Nacional de Diretores defendem que se repense a forma como vai ser garantida a equidade durante os exames digitais.

Fonte: Ministério da Educação investe mais de 6,5 milhões de euros em computadores para garantir provas “online” – Expresso

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Article

PASTA DE TRANSIÇÃO XXIII GOVERNO CONSTITUCIONAL

Next Article

Hoje Sairá O Aviso de Abertura

Related Posts