Professores concordam com provas de aferição, mas divergem no modelo a seguir. PSD não fará regressar os exames

Professores concordam com provas de aferição, mas divergem no modelo a seguir. PSD não fará regressar os exames

Maus resultados nos testes nacionais relançaram a discussão. Em torno da quebra de desempenhos, mas também sobre uma possível desvalorização por parte dos alunos em relação a provas que não contam para nota e que se realizam a meio do ciclo de ensino. PSD defende alterações, mas não o regresso dos exames nacionais.

Quando apenas 30% dos alunos do 2º ano conseguiram ter um desempenho “dentro do esperado” nas questões relativas a números e operações matemáticas e não mais do que 6% dos estudantes do 5.º ano resolveram com sucesso questões relativas à geografia da Península Ibérica, o problema está nos estudantes, nas provas, ou em ambos?

Os resultados das provas de aferição realizadas no ano passado foram divulgados este mês pelo Instituto de Avaliação Educativa (IAVE) e revelaram um “desempenho inferior na maioria dos domínios avaliados, em comparação com os resultados obtidos em 2022 ou do ano comparável”, admite o serviço responsável pela organização dos testes nacionais.

Fonte: Professores concordam com provas de aferição, mas divergem no modelo a seguir. PSD não fará regressar os exames – Expresso

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Prev
Programa Eleitoral 2024 | PCP
Programa Eleitoral 2024 | PCP

Programa Eleitoral 2024 | PCP

Programa eleitoral do PCP – Legislativas 2024 | Partido Comunista Português

Next
Eliminação da disciplina Educação Moral e Religiosa gera discórdia no congresso do Livre
Eliminação da disciplina Educação Moral e Religiosa gera discórdia no congresso do Livre

Eliminação da disciplina Educação Moral e Religiosa gera discórdia no congresso do Livre

Na reunião magna do Livre, que teve início hoje e termina domingo, no Porto, os

You May Also Like
Total
0
Share