Ministro diz que pagamento dos professores “está previsto para fevereiro”

O ministro da Educação diz que a atualização do salário dos professores será feita em fevereiro, tal como estava previsto. João Costa afirma não entender a notícia do jornal Diário de Notícias que dá conta de atrasos dos pagamentos, tendo em conta que é do conhecimento de todas as partes que os pagamentos serão feitos em fevereiro.

“Sinceramente é uma notícia que eu nem entendo porquê que é notícia. O que está previsto desde o início é que esses pagamentos sejam feitos em fevereiro. As escolas têm estado a fazer a atualização do registo biográficos dos professores para se fazer os pagamentos. Isto é sabido pelas escolas e é sabido pelos professores”, afirma o ministro da Educação.

João Costa explica que os professores, aquando da receção do montante em fevereiro, irão receber também os retroativos correspondentes desde setembro, “conforme está previsto na legislação”.

“Isso aplica-se a estes professores. Aplica-se aos professores que já veem as suas progressões fruto do acelerador das carreiras e aplica-se também aos 8.000 professores que vincularam este ano e que têm o seu reposicionamento também com efeitos a 1 de setembro”, conclui.

Notícia do DN

Diário de Notícias (DN) escreve que há um ano o Ministério da Educação anunciou a criação de três escalões de vencimento para os professores sem vínculo, de modo a responder às exigências europeias. No entanto, um ano depois, os professores ainda aguardam que o decreto publicado em Diário da República, em maio de 2023, seja cumprido.

A Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas disse ao DN que a medida não está a realizar-se com a “rapidez necessária, o que cria desânimo nos docentes abrangidos por esta justa iniciativa”.

Fonte: Ministro diz que pagamento dos professores “está previsto para fevereiro” – SIC Notícias (sicnoticias.pt)

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Prev
Greves no Estado em 2023 tiveram aumento de 150%

Greves no Estado em 2023 tiveram aumento de 150%

Os pré-avisos de greve na Administração Pública aumentaram

Next
Aplicação eletrónica POSICIONAMENTO REMUNERATÓRIO DE DOCENTES CONTRATADOS – validação

Aplicação eletrónica POSICIONAMENTO REMUNERATÓRIO DE DOCENTES CONTRATADOS – validação

Encontra-se disponível, na plataforma SIGRHE, a aplicação

You May Also Like
Total
0
Share