Pré-aviso de greve para 6 de junho de 2023

A FNE avançou com um Pré-Aviso de Greve das 00h do dia 6 de junho às 00h do dia 7 de junho de 2023.
Pré-aviso de greve para 6 de junho de 2023

FNE avança com pré-aviso de greve para 6 de junho de 2023

A FNE avançou com um Pré-Aviso de Greve das 00h do dia 6 de junho às 00h do dia 7 de junho de 2023.

Esta é uma greve por políticas concretas de valorização dos trabalhadores que reconheçam a sua importância na prestação do serviço público de Educação.

Este dia ficará ainda marcado por duas grandes manifestações organizadas pela plataforma de nove organizações sindicais em simultâneo no Porto e em Lisboa, para recordar ao governo que simbolicamente no dia 6-6-23 os professores não abdicam de um dia dos seus 6 anos, 6 meses e 23 dias que faltam recuperar de tempo de serviço.

Esta é uma luta que já vai longa, os Docentes reafirmam não desistir das justas e legítimas reivindicações às quais o Governo teima em não querer dar solução.

A FNE e os seus Sindicatos não podem aceitar que o Governo mantenha uma política que insiste na desvalorização da profissão docente e que promove verdadeiros “apagões” do tempo de serviço prestado para efeitos de progressão na carreira e exigimos por isso políticas concretas de valorização dos trabalhadores e que se reconheça a sua importância na prestação do serviço público de Educação.

Consulte aqui o Pré-Aviso de greve para 6 de junho de 2023

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Prev
“Temo que em algumas escolas as provas de aferição de algumas disciplinas possam não ser realizadas” – Filinto Lima
“Temo que em algumas escolas as provas de aferição de algumas disciplinas possam não ser realizadas” – Filinto Lima

“Temo que em algumas escolas as provas de aferição de algumas disciplinas possam não ser realizadas” – Filinto Lima

Filinto Lima, presidente da Associação de Diretores de Escolas Públicas, analisa

Next
Serviços Mínimos Nas Greves Às Avaliações
Serviços Mínimos Nas Greves Às Avaliações

Serviços Mínimos Nas Greves Às Avaliações

Ministério vai pedir serviços mínimos se greves às avaliações avançarem –

You May Also Like
Total
0
Share