Entrevista do Ministro da Educação à TSF

 


Bateu-se pela manutenção das escolas abertas. Perdeu e ganhou. Por momentos, pareceu isolado. Na véspera da abertura total dos estabelecimentos, o ministro da Educação assegura que “este confinamento correu verdadeiramente melhor do que o primeiro”, explica a polémica do atraso na entrega de computadores e pede “realismo” em propostas como academias de verão e alterações no calendário escolar.


Ler a entrevista AQUI

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Article

Educação tem aumento de 572 milhões de euros

Next Article

Professores dos 2.º e 3.º ciclos alertam para incumprimento das regras de segurança

Related Posts